A MOTIVAÇÃO DA NOSSA FÉ

“Será que Jó não tem razões paratemer a Deus?”, respondeu Satanás.

Jó 1.9


Muitas vezes em momentos de dor e sofrimento a motivação da nossa fé é provada e confrontada. É exatamente isso o que Satanás, o inimigo de nossa alma, tenta fazer com Jó. A tese apresentada por Satanás diante de Deus é que Jó só era íntegro, temente a Deus e irrepreensível porque tinha uma vida boa, muitos filhos, muitas posses e muita riqueza. Mas, que se perdesse tudo isso, perderia também o seu temor e a sua fé.

Isso, muitas vezes, acaba sendo uma verdade em nossa vida. Afinal de contas é comum buscarmos um relacionamento com as bênçãos de Deus e não com o Deus que de fato pode nos abençoar. Se essa é a motivação da nossa fé, quando os problemas, as adversidades e as frustrações acontecerem, deixaremos de temer, de confiar e de crer.

Onde está estabelecida a sua fé? No que Deus pode lhe dar? Nas bênçãos que você pode receber dele? No sucesso que ele pode lhe proporcionar? Ou em seu relacionamento genuíno com ele? No imenso amor que ele provou ter por você e que foi revelado no seu filho Cristo Jesus? Que você viva um relacionamento verdadeiro e sincero de intimidade com Deus que lhe traga certeza e convicção de que, mesmo nos momentos mais difíceis e dolorosos, ele está segurando suas mãos e guiando cada um dos seus passos.

Cada dia Abril/2020

0 visualização

(33) 3267-2066

Igrejas Presbiterianas de Aimorés-MG

©2020 por OMBRO AMIGO IPB. Esse é um projeto das igrejas Presbiterianas de Aimorés-MG